03/12;03/13.

2012-2013. Díptico fotográfico a partir de filme 120mm. 50cm x 50cm cada.

 

03/12;03/13 é uma resposta à provocação do crítico e pesquisador de arte Paulo Miyada feita a partir da seguinte proposição : “Todo mundo sabe que nossas cidades e corpos foram feitos para serem destruídos”. Foi com essa sentença, paráfrase do verso “everybody knows that our cities were built to be destroyed” da canção Maria Bethânia, lançada por Caetano Veloso em 1971, que o curador Miyada costuraria sua exposição de mesmo título, e que daria origem por sua vez a um foto-livro. Segundo Miyada “três motivações se interlaçam na revisita a esse verso: enfatizar o duplo movimento de apologia e crítica às cidades brasileiras presente na composição; provocar a reflexão atual sobre o destino de nossas cidades e nossas vidas; evocar aspectos recorrentes da fotografia, como o interesse pela ocupação do espaço e a sensibilidade à passagem do tempo”. Foi na tentativa de estabelecer uma relação que contemplasse tais questões que 03/12;03/13 foi apresentado.

 

Esse díptico documenta o mesmo local com uma diferença cronológica de um ano. Enquanto a primeira imagem toma para si uma descrição mais evidente da destruição através da representação fotográfica de uma demolição, o segundo fotograma parece subverter a lógica humana de domínio e controle sobre a paisagem e apresenta a retomada da vegetação local.