CAMPO DE TRABALHO

campodetrabalho_mauragrimaldi01.jpg

CAMPO DE TRABALHO

MAURA GRIMALDI | 2022

Processo de residência artística em Marvila em abril de 2022.

CAMPO DE TRABALHO é o nome que engloba diferentes ações que Maura Grimaldi elaborou ao longo das semanas em que esteve como residente no programa LisbonWeek’22. Em consonância com o regulamento da convocatória do evento, Grimaldi propôs desdobrar suas investigações com o projeto “– Ninguém trabalha amanhã! – Ninguém!” (2022) em coautoria com Ana Cristina Porto Castanheira, buscando problematizar a esfera do trabalho artístico, a precarização do mesmo e a exploração do trabalho imaterial. CAMPO DE TRABALHO compreende todo o material produzido ao longo dessas quatro semanas como lugares de interesse público, desde a bibliografia coletada e estudada, as conversas estabelecidas com suas parcerias e cocriadores, anotações sobre o processo, os documentos de acordo entre suas parcerias e prestadoras de serviço, os documentos fiscais que permeiam esse acordos, bem como os peças que aparecem de forma mais comum nos espaços institucionais artísticos como desenhos, pinturas e vídeos. Nesse sentido, a estadia e imersão de um mês em Marvila, graças ao contexto da residência, permitiu ao artista dar-se conta de forma bastante concreta, de quanto custou a sua hora laboral, refletir sobre o que é trabalhar como artista, das problemáticas da ideia de autoria para os direitos trabalhistas entre muitas outras perguntas que tensionam o fazer nas artes e a maneira problemática da compreensão dessa atividade no universo do trabalho.

 

Para o contexto, Grimaldi propôs algumas ações: contratar um/a/e artista para fazer o seu trabalho no ateliê – um Substituto de artista; contratar a pessoa com quem se relaciona afetivamente para performarem o próprio namoro durante um determinado período de trabalho, constituindo uma Performance de Namoro; contratar um/a/e amigo/a/e artista para prestar serviços imateriais acompanhando o seu processo de criação; produzir, circular e distribuir as camisetas do projeto

“– Ninguém trabalha amanhã! – Ninguém!” a fim de reunir os usuários que dispõe do item. Em paralelo, Maura manteve diariamente uma rotina de pesquisa de referência de outros trabalhos, configurando uma tabela de estudos no seu espaço de ateliê que também tornou-se espaço expositivo, realizou rotineiramente uma tabela de tempo laboral a fim de ter um controle preciso sobre suas atividades laborais, realizou uma série de reuniões e encontros com profissionais de diferentes áreas, de advogados a dançarinos, que ajudaram a constituir os contratos elaborados, a levantar questões sobre as ações bem como relatar e dividir suas experiências nos seus universos específicos de trabalho.

 

Ao final, trabalhou dentro e fora do espaço do ateliê, contabilizando mais de 162 horas, recebendo menos de 2,47 euros por hora, trabalhou todos os finais de semana com ao menos uma atividade relacionada ao trabalho de artista, realizou atividades do projeto após as 20h ao menos 09 dias nesse ultimo mês, não dispôs de auxílio transporte, alimentação e/ou refeição e não assinou contrato. Enfim, submeteu-se ao sistema de exploração bem como promoveu sua auto-exploração.

 

Nessa página é possível ter acesso ao drive com referências bibliográficas, aos textos dos contratos e a duas peças de vídeo – uma reúne imagens dos usuários da camiseta e o comportamento do projeto nas redes sociais de Maura e o outro apresenta as mãos da personagem trabalhadora Pantera Cor de Rosa nos episódios em que esteve a trabalhar na construção civil.

 

 

CAMPO DE TRABALHO continua em obras, um trabalho que nunca termina.

Contratos estabelecidos entre os colaboradores e cocriadores do processo em CAMPO DE TRABALHO.

Clique nos links das imagens para acesso aos documentos.

Contrato de prestação de serviço para Substituto de Artista

Contrato de prestação de serviço para Performance de Namoro

Contrato de prestação de serviço imaterial

CONTRATOS

 

CAMPO DE TRABALHO | Bibliografia

 

Repositório com textos de referência sobre a temática do trabalho em relação às práticas artísticas. Para acessar o conteúdo clique na imagem para ser redirecionada.

 

Em caso de solicitação de acesso, escreva para mauragrimaldi@gmail.com

LEITURAS

TABELA
DE
ESTUDO

AÇÕES

SUBSTITUTO DE ARTISTA 

 CAMPO DE TRABALHO | 2022

Contratar um Substituto de Artista.

*

Em 27 de abril de 2022, Maura Grimaldi contratou um substituto para realizar as suas funções no ateliê no âmbito da residência artística LisbonWeek 22.

Para acessar parte dos materiais e registos elaborados pelos Substituo de Artista, acesse na imagem ao lado.

 

SERVIÇOS IMATERIAIS

CAMPO DE TRABALHO | 2022

Contratação de serviços imateriais.

*

Ao longo do mês de abril, a artista e pesquisadora Flora Leite foi contratada por Maura Grimaldi para realizar acompanhamento e interlocução dentro das atividades de trabalho na residência do LisbonWeek. Leite possui uma pesquisa voltada para as condições de produção do artista e além de ser amiga e colaboradora de longa data de Grimaldi. 

Para conhecer mais o trabalho artístico de Flora Leite acesse https://cargocollective.com/floraleite e para aproximar-se da sua investigação na temática do trabalho e meios de produção no campo autoral visite a conversa no youtube:

 

PERFORMANCE DE NAMORO

 

CAMPO DE TRABALHO | 2022

Contratar a namorada para performance de namoro

*

Nos dias 21 e 22 de maio de 2022, está previsto a Performance de Namoro  entre Grimaldi e a artista e performer Natália Mendonça.

Acesse na imagem ao lado.

 

CAMPO DE TRABALHO

MAURA GRIMALDI | 2022

*

Registros dos usuários da camiseta ativando a obra

" — Ninguém trabalha amanhã! — Ninguém!" a partir das redes sociais de Maura Grimaldi.

Esse canal foi uma importante ferramenta para a divulgação e manutenção do debate sobre o projeto.

Para acessar mais informações sobre esse projeto acesse o link através do botão abaixo à direita:

 

MESA
DE
TRABALHO